segunda-feira, 6 de junho de 2016

Capacete de motorista 1932

Trago hoje aos leitores do blog um belíssimo capacete de fabricação paulista em 1932 com as insígnias de segundo sargento/motorista da Força Pública. O número dois provavelmente significa "2o Batalhão de Caçadores" conhecido como "2 de Ouro".

O capacete está completo com a jugular e a carneira com marcação dupla: "Paulista" e "Offerta do Povo Paulista...", porém a pintura do capacete tem ainda mais a revelar. Vejamos...

 photo IMG_2780_zpsumsu6i5r.jpg

 photo IMG_2786_zpsfqpcnec8.jpg

 photo IMG_2784_zpsnb5eeiyb.jpg

 photo IMG_2785_zpsqnjvwcfn.jpg

Um olhar mais atento revela um endereço escrito no aço: Rua Saião Lobato, no tradicional bairro do Brás em São Paulo (e próximo ao quartel do 2o B.C.).

 photo IMG_2788_zpsvdgltf0o.jpg

 photo IMG_2791_zpsb7c4gii4.jpg

 photo IMG_2793_zpslque5y8l.jpg

 photo IMG_2795_zpsmlnw8l3p.jpg

As insígnias invertidas de 2o Sargento podem significar um civil servindo em um posto comissionado de 2o Sargento na especialidade de motorista.

 photo IMG_2779_zps9t4brgr5.jpg

Abaixo uma imagem do Regulamento de Uniformes da Força Pública da década de 30, aonde podemos ver a insígnia de motorista usada na época.

 photo 114_zpsmyjqddyy.jpg

terça-feira, 24 de maio de 2016

Novo blindado lançador de água da Polícia Militar

Em setembro passado postei uma matéria a respeito do gigantesco GUARDER, veículo blindado do 2o Batalhão de Polícia de Choque "Anchieta". Retornamos agora ao batalhão para conhecer de perto o novo veículo blindado lançador de água, utilizado para dispersar manifestantes violentos com jatos de água.

Fabricado pela Carmor de Israel, o VLA (Veículo Lançador de Água) é um blindado operado por duas pessoas (motorista e operador) e capacidade para 6 mil litros de água - lançada através de um canhão equipado com câmera e spot de luz, operados de dentro do veículo. É importante ressaltar que como toda ação de CDC (Controle de distúrbio civil), a operação é orientada por um protocolo no qual a dispersão por jatos de água em alta pressão é o último recurso a ser utilizado.

 photo IMG_2658_zpsmbooq87u.jpg

 photo IMG_2773_zpsdpmvbuel.jpg

 photo IMG_2694_zpsdzrpwgvz.jpg

O veículo é equipado com um limpa trilhos basculante, capaz de remover barricadas - e também usar jatos de água frontais para apagar objetos em chamas.

 photo IMG_2664_zpsymzl0ixd.jpg

 photo IMG_2671_zpsqafcvddx.jpg

 photo IMG_2687_zps4fcjamjm.jpg

 photo IMG_2696_zpskpklgxsq.jpg

As laterais do veículo também contam com um sistema de auto-proteção capaz de lançar gás lacrimogênio, evitado a aproximação de ameaças ao veículo e sua tripulação.

 photo IMG_2698_zpshxonlupz.jpg

 photo IMG_2699_zpscr6mffos.jpg

 photo IMG_2707_zpsarcruvmk.jpg

O VLA é um veículo robusto com 3,7m de altura, 8,1m de comprimento e 2,3 de largura. Perfeito para operar no ambiente urbano.

 photo IMG_2715_zps0bujl1e6.jpg

Além dos jatos de água, a tripulação também conta com uma tinta marcadora especial - o que possibilita identificar e marcar agressores no meio de manifestantes legítimos.

 photo IMG_2724_zpsbenalfte.jpg

 photo IMG_2733_zpskopkcybr.jpg

 photo IMG_2751_zpsqdfjxrjg.jpg

O VLA ainda conta com um sistema de proteção anti chamas causadas por coquetéis molotov arremessados por manifestantes violentos. Nada é capaz de deter este veículo!

 photo IMG_2738_zpsu7icsut9.jpg

 photo IMG_2739_zpswcv4a7zr.jpg

 photo IMG_2758_zpsxjczpr3c.jpg

 photo IMG_2772_zpsbw2xhllq.jpg

 photo IMG_2766_zpskophdh8g.jpg

Agradeço ao Cel PM Gonzaga, ao Cap PM Vilariço, a Ten PM Okada, ao Sgt PM Marques, Cb PM Cintra, Sd William e aos atenciosos policiais do 2o BPChq a colaboração para a realização desta matéria.




segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Flâmula do Comandante Geral da PMESP

Trago hoje aos leitores do blog um belíssimo souvenir entregue pelo Comando Geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Uma placa no formato da Flâmula do Comandante Geral da PM. Sob campo azul a esfera armilar com folhas de louro ao redor - símbolo do Comando da PM. No verso o logotipo e o brasão da PM. A placa é entregue pelo Comandante Geral em visitas oficiais.

 photo IMG_2606_zpsfc4l98mz.jpg

 photo IMG_2620_zpsgf1trios.jpg

 photo IMG_2619_zpsrp2yojoq.jpg

Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, CEL PM Ricardo Gambaroni, que também foi comandante do Grupamento Aéreo da PM.

 photo ricardo_zpswf4umuaf.jpg

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Voluntário Amadeu Augusto - Batalhão Marcílio Franco REDUX

Trago algumas informações adicionais sobre o combatente Amadeu Augusto:
Nascido em 16 de outubro de 1905, o voluntário Amadeu Augusto integrou o Batalhão Marcílio Franco juntamente com seu irmão Arlindo Augusto e seu cunhado José Del Nero.

Sua esposa, Dona Yolanda Del Nero Augusto ficou em Pirassununga participando como voluntária - ajudando na fabricação de fardas para os soldados constitucionalistas.
Durante a Campanha Constitucionalista, Amadeu Augusto e seus familiares participaram de algumas das mais intensas batalhas na Frente Sul, como a do cemitério em Buri onde morreu o herói Ruytemberg Rocha.

Após a revolução, Amadeu Augusto retomou suas atividades civis como comerciante, projetista e Juiz de Paz. Foi sócio-fundador da Escola Técnica de Comércio de Pirassununga, do Clube Pirassununga e do Independente Futebol Clube. Já José Del Nero, fez carreira no Palmeiras e ficou conhecido como "Puro Sangue" e "Sangue Azul" pela sua raça em campo.

Exemplos de paulistas que atenderam o chamado da Lei e da Ordem, retornaram aos seus lares e se destacaram nas atividades que desenvolveram em suas vidas!
Abaixo vemos fotos e recortes de jornais de Pirassununga sobre Amadeu Augusto e seus familiares, material gentilmente enviado para o blog por seu filho, Arnaldo Augusto.

Photobucket

A esquerda na fileira superior José Del Nero, e a direita Arlindo Augusto ao lado de seu irmão Amadeu Augusto.

Photobucket

Amadeu Augusto com as insígnias de 1o Sargento.

Photobucket

Cartas e postais trocados com a família durante a revolução.

 photo blog02_zpsmducqkfb.jpg

Carteirinha de membro da Sociedade Veteranos de 32 MMDC.

 photo blog01_zps6bxopbhe.jpg

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Soldado Geraldo Norberto Freire Braga

Após um merecido intervalo, retornamos em 2016 apresentando um excelente lote de fotos e objetos vindos diretamente da família do soldado Geraldo Norberto Freire Braga - que em 1932 lutou por São Paulo integrando o Pelotão Cerqueira Leite do 6o RI - atual 6o Batalhão de Infantaria Leve Regimento Ipiranga situado em Caçapava. Clicando aqui você acessa uma matéria publicada em 2014 sobre o museu deste regimento.

 photo IMG_2329_zps7cbczouo.jpg

Nas fotos abaixo vemos o capacete de aço usado pelo soldado com a marcação do 6o RI.

 photo IMG_2320_zpshr59auil.jpg

 photo IMG_2319_zpscogwaxyr.jpg

 photo IMG_2321_zpsz9chdka5.jpg

 photo IMG_2322_zpsorzckxtm.jpg

Na carta e nas fotos a seguir vemos momentos da passagem deste militar pela Revolução de 1932: A apreensão de sua mãe por notícias e uma foto tirada em Cruzeiro em julho daquele ano.

 photo IMG_2325_zpsukujsyhx.jpg

 photo IMG_2326_zpsj30be4sy.jpg

 photo IMG_2334_zpsfrkxq7e6.jpg

Foto tirada após a Revolução de 32, do mesmo militar servindo o 6o RI.

 photo IMG_2330_zpsdtj9ddfc.jpg

Distintivo de quepe do 6o RI anos 30.

 photo IMG_2335_zpsdu3s8mkq.jpg

Geraldo Norberto Freire Braga era pai de Paulo de Tarso Freire Braga, conhecido comerciante de antiguidades da Feira da Praça Benedito Calixto, falecido no ano passado.

 photo DSC04768_zps5ef4dc08.jpg

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Claro Jansson, Itararé 1932

Trago hoje aos amigos do blog uma pequena série de fotos do fotógrafo sueco Claro Gustavo Jansson (1877-1954) que da cidade de Itararé acompanhou e fotografou as tropas paulistas e ditatoriais em operações naquele setor. Algumas destas fotos são inéditas e foram obtidas diretamente da família do fotógrafo.

A obra deste célebre fotógrafo é extensa e abrange diversos períodos importantes de nossa história - mas aqui no blog vamos apresentar justamente o recorte que é nosso tema principal. Interessante também notar que algumas delas apresentam legendas no verso - que serão reproduzidas antes da imagem. Abaixo vemos alguns dos carimbos utilizados pelo Estúdio Jansson.

 photo digitalizar0012_zpsigseeyg2.jpg

Batalhão Universitário Paulista 14 de Julho. Soldados Felício Cintra Prado, Alonso Camargo e José Inácio Lobo. Itararé 16 de Julho de 1932.

 photo digitalizar0001_zpsofrrhxpp.jpg

 photo digitalizar0014_zpsqyqiecar.jpg

 photo digitalizar0011_zps6sx0yiln.jpg

Tenente João Batista Ferreira Lobo (4o da esq. para dir.)

 photo digitalizar0010_zpsrnipilxb.jpg

Soldados Antonio Moretti e Olivieri, que sob fogo cerrado inimigo cortaram os fios do telégrafo em Buri, interrompendo as comunicações da ditadura.

 photo digitalizar0006_zpsktwpfg4w.jpg

Dr. Jorge A. Merege, 3 de outubro de 1932, Ourinhos.

 photo digitalizar0005_zpsqznffrvm.jpg

 photo digitalizar0004_zpsheybr1jx.jpg

 photo digitalizar0003_zpsenqdko4p.jpg

General Cruz, Comandante do Setor Sul.

 photo digitalizar0002_zpsqzktj1yz.jpg

Soldado gaúcho ferido sendo transportado para a retaguarda.

 photo digitalizar0013_zpsqcolppcc.jpg

A famosa foto do armamento usado pelos paulistas e uma versão alternativa com munição de canhão e fuzil. Interessante notar a presença do bocal lança granadas.

 photo digitalizar0008_zpsxvrzxezc.jpg

 photo digitalizar0015_zps1tffuygs.jpg

Igreja Matriz em Capão Bonito.

 photo digitalizar0007_zpsovyuibgl.jpg

Avião ditatorial em Itararé.

 photo digitalizar0017_zpsrxxl5x5k.jpg

Sistema de túneis e trincheiras as margens do Rio Itararé (Barreiro) e na Fazenda Morumgava.

 photo digitalizar0016_zpstmu7idvy.jpg

 photo digitalizar0009_zpsy4axc2zd.jpg