quinta-feira, 22 de julho de 2010

Tio Chico

Boa tarde, Ricardo! tudo bem?
Sou fã ardoroso do seu blog! Acompanho mais que assiduamente!

Minha cidade Jaú, contribuiu sobremaneira para a Revolução.
Nosso estádio se chama "Zezinho Magalhães", em homenagem a José Carlos Magalhães de Almeida Prado que, com 15 anos, fugiu de casa e foi para as trincheiras da Frente Sul. Na Praça da República há um monumento com um capacete.
Também há o jazigo de 3 jauenses mortos na Revolução, que eu faço questão de limpar a cada 15 dias no máximo.

Tenho parentes na cidade de Dois Córregos, aqui próximo. A vila de Guarapuã, pertencente àquele município, fica a 12 km da dita cidade e cerca de 15 km de Jaú. Meus antepassados foram fundadores da vila. Uma das ruas do centro se chama Paulo José do Carmo (meu tataravô).

O irmão de meu bisavô Luís era o "tio Chico" - Francisco do Carmo.
Tio Chico foi voluntário em 32. Lutou na trincheira de Itapetininga.
O amigo de Tio Chico, à direita na foto morreu em ação, ao lado dele, na trincheira.

Photobucket

Tio Chico, a meu ver, é a prova de que 32 foi bem popular e legalista. Um jovem saído dos confins da vilazinha de Guarapuã e que se fez voluntário. Posteriormente Tio Chico se formou em Direito. O verso da foto está com a caligrafia dele.

Photobucket

É um prazer contribuir com seu trabalho!
Grande abraço,
Viva São Paulo!

Marcus T. A. Carmo
Professor de História - COC Jaú, Bauru e Araraquara.

15 comentários:

  1. Óia lá, rapaz.

    Conhecia, mais ou menos, a história do seu tio Chico por suas aulas (tive aulas com o Marcus no 2o e 3o colegial), mas não sabia dessa do amigo dele e nem da vila. Muito bom.

    PARABÉNS aos dois por tão bem divulgarem 1932 - seja em aulas ou no blog - e obrigado por mostrar ao nosso Brasil que ainda existe gente com respeito pela História.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. "Vâmo ver o blog... Atualiza tanto..."
    E qual não foi a surpresa! =D
    RA!

    Obrigado, amigo, por publicar minha modesta história!

    Abração!
    Viva São Paulo!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo blog e pela iniciativa de criar um espaço que permita divulgar informações talvez não tão conhecidas quanto outras. Fico também feliz por ver algo que aprendi em aulas (do prof. Marcus) sendo exposto de forma que todas as pessoas que se interessem por esse assunto possam ter acesso.

    ResponderExcluir
  4. É a Figueira na net, merecidamente. Parabéns !

    ResponderExcluir
  5. Parabens Marcus , otimo conteudo !

    ResponderExcluir
  6. Grande Dois Córregos!!! Sempre presente nas lutas. Parabéns ae Marcus, como sempre defendendo o Amado Torrão e divulgando bons trabalhos,como este blog, que com certeza você comentará em aula daqui um tempo.

    Parabens

    ResponderExcluir
  7. Marcus,

    Pelo visto és um Professor daqueles com "P" maiúsculo. Prova disso são seus alunos aqui no blog!!
    Ainda bem que tem gente que leva a Revolução de 32 para a sala de aula - coisa muito rara hoje em dia.
    Um abraço,

    ResponderExcluir
  8. Viva Guarapuã!!! Salve a Revolução!! Parabéns Marcus por mais esta aula. Esta ai a prova viva que ainda existem professores capazes e empenhados no cumprimento de seu dever.

    ResponderExcluir
  9. É, parabéns ao Professor Marcus. Estudei no Colégio São Lucas, também em Jahu, e lá a Revolução Paulista tem apenas um parágrafo na apostila mal contado e ignorado pelos professores.

    ResponderExcluir
  10. Agradeço de todo o coração os comentários e elogios! Que todos eles sejam em louvor aos "tios Chicos" que fizeram 32.

    Conheço praticamente todas as apostilas, como a citada pelo colega do São Lucas. Infelizmente, nenhuma trata dignamente a Revolução. Mas é justamente aí que se deve verificar o trabalho do professor, enquanto difusor do MAIS.

    Meu trabalho me faz sentir vivo e, na humilde função, procuro difundir as histórias simples e valiosas daquela gente (gente BRAVA, ainda que por acaso), especialmente o pessoal da FEB (Força Expedicionária Brasileira) e, claro, de 32.
    Registro minha mais sincera e eterna gratidão aos amigos veteranos e ex-combatentes (de 32 e da FEB). ACREDITEM, amigos: ESSES VÔZINHOS SÃO FANTÁSTICOS! ;)

    Abração a todos! =)
    Viva São Paulo!
    Deus salve a FEB!

    ResponderExcluir
  11. Salve Salve Vô Chico!! Isso ae Marcus, divulgando o serviço da familia, e levando essa história para que todos possam saber que DC esteve presente em 32. Foi lindo de ver o Marcus passando essa aula, com inúmeras informações extras para os alunos. Incrível!!!! Salve os vôzinhos!!!

    Abraçooo....

    ResponderExcluir
  12. Eu também me lembro desta aula do Marcus, aliás, impossível esquecer tamanha a paixão dele ao falar de 32. Provavelmente essa foi uma das muitas aulas que me fez escolher a mesma trincheira que ele.
    Enfim, acredito que a Revolução de 32, infelizmente, ainda é um tema que não foi analisado com a profundidade que merece. As explicações tradicionais, sejam elas liberais ou marxistas ortodoxas, deixaram de lado o fator popular que é crucial para entender esse movimento. Já é hora de a academia, principalmente a USP, se ater a esse tema, até mesmo por uma questão de justiça para com a História do país e a História de São Paulo.

    Enfim...parabéns pelo blog!
    E parabéns Marcus...com certeza o Tio Chico tem muito orgulho de você!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  13. Boa publicação, bom saber que gente aqui da nossa terra fez parte de nossa história, bem bacana o texto e a foto em ótimas condições!
    Parabéns!!
    E salve o Amado Torrão!
    Grande abraço Marcus, tudo de bom!

    ResponderExcluir
  14. Correções: segundo o que contaram "Tia Lala" e "Tio Paulo", irmãos de "Tio Chico", este não era graduado em Direito, mas bastante versado em leis, por isso exercia a profissão, advogando. (interessante essa situação)
    O voluntário ao lado de Tio Chico (direita da foto) se chamava Galhardo e era de Torrinha (cidade próxima a Dois Córregos).
    De Dois Córregos partiram cerca de 60 voluntários, alguns engajados no Batalhão Jauense.

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde,
    Acabo de conhecer o blog, através do Prof. Marcus, com quem estou tendo aula atualmente. Tive a aula sobre a Revolução de 32 na última segunda, e estou me sentindo totalmente envolvida com o assunto até agora. É fantástico saber que Dois Córregos, minha terra, contribuiu com essa luta de tão nobres ideais!
    Até a última segunda, a única coisa que eu sabia, como algo decorado, era que a Revolução de 32 havia sido um "Movimento Constitucionalista". Mas agora, acho que consigo entender, de fato, o que ela significou!
    Obrigada, Marcus! Obrigada por nos permitir conhecer a bravura e a força desses "Tios Chicos"!

    ResponderExcluir