quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Capacete paulista com pintura decorativa

Esta bela peça encontra-se no acervo do meu amigo e também colecionador, Alfredo Duarte.
Trata-se de um capacete paulista modelo inglês, pintado no front pelo próprio veterano. É uma peça única e bastante curiosa. As fotos falam por si mesmo!

Photobucket

Photobucket

Photobucket

É interessante notar o desenho da caveira neste capacete.
O uso da caveira em insígnias militares é uma tradição que remonta ao Século XVIII com os Lanceiros Reais da Inglaterra em 1759 e do "Regimento de Hussardos da Morte" na França em 1792. Na 1ª Guerra Mundial o "Totenkopf" foi amplamente usado pelos alemães, especialmente pelas tropas prussianas. Foi no entanto, em 1933 com o uso da caveira pelos Freikorps alemães e pela infame SS de Adolf Hitler que o símbolo se tornou sinônimo de terror e atrocidades.

Hoje em dia a caveira ainda é usada como insígnia em regimentos militares espalhados pelo mundo, como por exemplo o COE Comando de Operações Especiais do 4°BPChq da Polícia Militar do Estado de São Paulo e pelo BOPE do Rio de Janeiro.

Photobucket

Os desenhos decorativos apresentam o mesmo desgaste que a pintura verde do capacete, sendo que as marcas de oxidação afetam a peça de maneira uniforme. São indícios que nos permitem acreditar que a pintura decorativa foi feita em uma época muito próxima a pintura original do capacete.
Por outro lado é muito raro encontrarmos esse tipo de decoração nos capacetes de combate, pois uma marca deste tamanho e desta cor se torna um belíssimo alvo para atiradores inimigos e é bom lembrar o aço destes capacetes não eram capazes de segurar um impacto direto de projétil de fuzil.

Photobucket

O desenho do soldado paulista foi inspirado em um dos Cartões Postais do MMDC que circulavam pelo front naquela época.

Photobucket

Photobucket

2 comentários:

  1. Talento em SEMPRE surpreender, em SEMPRE acrescentar!
    Sem falsa modéstia, amigo: DUVIDO que haja algum projeto de estudo e divulgação histórica tão rico e ATIVO quanto este seu blog!
    "Parabéns" é muito pouco!

    =)

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  2. Fala Ricky, realmente este capacete deve ter sido pintado logo após o fim das hostilidades. É impressionante a semelhança do mesmo com os FREIKORS. Parabens a você pela matéria e ao Alfredo pela peça.
    Abç

    ResponderExcluir