terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Parabéns São Paulo!!

NON DVCOR DVCO

Na opinião de muitos "doutores", o "mito" do glorioso passado de São Paulo é mera invenção da "oligarquia paulista do café". A mesma "elite" que em 32 manipulou a população paulista em uma "aventura armada de cunho separatista".
Para estes, orgulhar-se da história de São Paulo é quase percebido como um crime, como uma afronta.

Porém, apesar de toda essa ladaínha esquerdo-intelectualoide que circula por aí há anos, o que eu vejo é que existem paulistas verdadeiramente orgulhosos de sua terra e de sua história.
Paulistas que compreendem o papel de seus antepassados na construção da grandeza do nosso País.
Paulistas que admiram com reverência nossas bandeiras, nossos hinos e nossos símbolos.
Paulistas que respeitam nossa terra e o suor do trabalho nela empregam diariamente.
Paulistas ligados ao passado, mas de olhos fixos no futuro.

Junto com estes apaixonados, exclamo no dia de hoje:
Parabéns São Paulo!!

Photobucket

Photobucket

As duas ilustrações reproduzidas acima são de Vicente Caruso e foram criadas na época das comemorações do IV Centenário em 1954, sendo que a bandeira da Cidade de São Paulo só seria instituída três décadas depois.

8 comentários:

  1. Posso dizer que sou um Paulista e um Paulistano orgulhoso! Viram, nós existimos mesmo! :) Parabéns São Paulo pelo seu passado e pelo seu futuro mais que promissor!

    ResponderExcluir
  2. Aliás, desde os velhos tempos de Portugal, o governo central sempre detestou São Paulo, mas também o usou muito, demais até. Sem São Paulo, não haveria Brasil.

    ResponderExcluir
  3. Acertou na mosca Ricardo!
    Dá até raiva ler algumas matérias denegrindo aquilo que fomos - e sempre seremos. NON DVCOR DVCO!!

    ResponderExcluir
  4. Não há injustiça maior que a "cidade que nunca dorme" pagar as contas de um mega evento como as olimpíadas Rio2016.

    Não há injutiça maior que essas teses furadas de esquerdopatas imbecis, sustentados com dinheiro da USP e UNESP, (portanto, dos paulistas!)que tentam denegrir e destruir a história do povo paulista.

    Pois em todo o mundo o método de análise marxista, baseado em divisões de classes, já é considerado ultrapassado. Exceto no Brasil, cuja a vocação para a mediocridade é notória.
    Em 1932 não havia ricos, pobres, homens, mulheres, brancos, pardos, negros ou índios: eram todos paulistas!

    Viva S. Paulo de Piratininga!
    Viva S. Paulo livre e soberano!

    "O que faz a vida amarga,
    É o peso enorme da carga,
    Que aos ombros nós carregamos.
    Paulista, vamos, desperta,
    Ao ouvir o toque de alerta,
    Defende a terra que amamos."
    (José de Oliveira Freire)

    Efraim

    ResponderExcluir
  5. São Paulo é o que é hoje graças a ele próprio. A União pouco investe aqui. Basta ver o nro de estradas estaduais x federais, universidades est. x fed., etc etc

    ResponderExcluir
  6. Incríveis ilustações!

    Por São Paulo não ser um estado tropicalista, muitas vezes não é bem-vindo em roda de brasileiro.

    ResponderExcluir
  7. Agradeço à todos pelos comentários e pela audiência do blog!

    Abraços,
    Ricardo

    ResponderExcluir
  8. Essa segunda imagem , da moça segurando a bandeira , tem em um prédio aqui na Mooca.
    a imagem está pintada em azulejos e é muito bonita.
    abs

    ResponderExcluir