domingo, 22 de maio de 2011

Circular da Associação Comercial de São Paulo

Alguém, sentindo a notoriedade do momento, guardou esta folha de papel que se transformou em um documento dos mais emblemáticos. Acredito que as imagens falam por si. O resto é História.

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

3 comentários:

  1. Que documento, Ricardo! Que pérola!
    ... E que saudade daquele São Paulo...

    Aham!
    No dia NOVE DE JULHO de 2010, DURANTE as celebrações da referida epopéia, lojas em frente e ao lado do palanque funcionaram, com direito a gentes transitando e falando (alto e errado), livremente. Enquanto isso, o exmo. Sr. prefeito municipal de Jahu estava no palanque, como "autoridade máxima" da ocasião.
    Pior: membros da Força Pública, da Políca Mirim, dos Escoteiros e das Escolas Públicas de Jahu falavam e riam largamente DURANTE os discursos e canções pátrias. Anunciado o final da solenidade, policiais mirins, escoteiros e outros dispensáveis gozadores impertinentes lançaram sons de alívio.

    ... Chateia... Isso chateia.

    Rezo para que os amigos do blog, em suas respectivas cidades, curtam o 23 de maio e o Nove de julho com a paz, o respeito e a honra que lhe devem ser naturais -- bem diferente do que tenho vivido por aqui.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Marcus,

    O Brasil precisa urgentemente de modelos para inspirar as novas gerações. Acredito piamente que essa inspiração encontra-se no nosso passado.
    Cabe a nós ligar essas duas pontas.
    Um abraço,

    ResponderExcluir
  3. Viva Sâo Paulo e os nossos Herois de 1932 que Deus os tenha

    ResponderExcluir