sábado, 14 de janeiro de 2012

Caetano Toschi e Maria Paula da Costa Aguiar

Apresento aos leitores do blog uma prévia de um dos lotes de peças e documentos mais completos que eu tive o prazer de me deparar desde quando comecei a colecionar objetos da Revolução de 32. Esse tesouro histórico chegou em minhas mãos através do Sr. Paulo Toschi, amigo de longa data do meu sogro, que de forma muito generosa confiou este acervo aos meus cuidados.

São medalhas, insígnias, documentos, fotos, postais e dezenas de cartas trocadas entre o Soldado Caetano Toschi do 1o B.C.R., sua esposa Maria Paula da Costa Aguiar e outros membros da família. O que torna este material ainda mais especial, é o fato de que a Sra. Maria Paula fazia parte da organização da Campanha do Ouro e em suas cartas conhecemos detalhes desta magnífica mobilização. Ao longo deste ano voltarei a publicar inúmeras peças deste acervo, e conheceremos mais a fundo o Soldado Caetano Toschi - que foi um dos organizadores da Congregação Mariana das Trincheiras.

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Sr. Caetano Toschi recebendo a Medalha da Constituição no início dos anos 60.

Photobucket

Lote de medalhas e insígnias do veterano.

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Lembranças do front: Braçal de combatente, munição deflagrada e um estilhaço de artilharia empregada contra os paulistas.

Photobucket

Photobucket

Munição paulista utilizada em defesa da constituição.

Photobucket

Dezenas de cartas e documentos que trazem detalhes sobre os dias da revolução.

Photobucket

Nos envelopes a história da movimentação das tropas paulistas, como na carta abaixo que passou por Lorena, Areias, Piquete e Cachoeira antes de alcançar seu destinatário.

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

10 comentários:

  1. Não foi à-tôa que resolvi confiar ao Ricardo Della Rosa esse precioso material. Guardar em casa, egoisticamente, algo que pode ser de interesse público é prestar um mau serviço como cidadão. O Ricardo organizou um museu primoroso sobre a Revolução de 1932, essa epopéia que foi o fato mais importante da vida de nossos pais, quando o povo paulista, qualquer que fosse a intenção dos que dirigiam o movimento, deu generosa demonstração de patriotismo e de espírito nacionalista e democrata. A avó de minha mãe era gaucha, de São Gabriel, e lá naquela cidade há um museu sobre os feitos revolucionários gauchos, onde o acervo principal são fardas, equipamentos e escritos de meu trisavô, o Coronel Francisco Xavier Metello. Se minha avó Ritinha e seus irmãos tivessem, egoisticamente, guardado em casa todo esse material, com toda certeza, hoje não mais existiria. Inspirado no meus antepassados gauchos, fiz o mesmo com o material relativo à participação de meus pais na Revolução Paulista de 1932. O Ricardo Della Rosa irá preservar, melhor do que ninguém, esse material que eu também considero precioso. E todos poderão apreciá-lo, pois museu é para ser visitado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. José Ubaldo Lomonaco20 de maio de 2012 15:35

      Parabéns Tio Paulo pela iniciativa. Mesmo estando próximo ao material apresentado, não tive a oportunidade de apreciá-lo tão detalhadamente como agora em que o Sr. Ricardo Della Rosa o torna público e acessível à todos que venham a se interessar pela rica história de São Paulo e principalmente da Revolução de 32. Parabenizo também o Sr. Della Rosa pelo belo trabalho de coleta e apresentação de todo este material no belo museu.

      Excluir
    2. Parabéns pela grande contribuíção a memória da epopéia de 1932,Senhor Paulo

      Excluir
  2. Um acervo de deixar o queixo caído!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Ola Ricardo
    Gostaria muito de saber se estes cartuchos q vc
    apresentu e de Eleuterio?
    Se vc tiver um tempo por favor me de uma resposta.Desde ja agradeso
    Abraço.
    GONÇALO

    ResponderExcluir
  4. Seu Gonçalo, tudo bem por aí?
    Este cartucho veio do lote do Sr. Caetano Toschi, da frente Norte onde ele combateu.
    Um abraço,

    ResponderExcluir
  5. Muito bonita a declaração do Sr. Paulo Toschi! PARABÉNS!
    Certamente, ninguém melhor que o Ricardo preserva e nos presenteia, no meio virtual, com brilhos de nossa história de 32.
    Muito sucesso e felicidades neste que celebramos 80 anos da luta democrata por nossa Pátria unida!

    Abraço!
    Viva São Paulo!

    ResponderExcluir
  6. Luciana Toschi Lomonaco de Souza21 de maio de 2012 14:45

    Parabéns pela iniciativa e também pelo conteúdo apresentado! Para nós é motivo de muito orgulho ver esta preciosa publicação, assim como meus avós se sentiam muito orgulhosos pela participação que tiveram na Revolução de 32.

    ResponderExcluir
  7. Estarei compartilhando tbm no dihitt ficando muito agradecido ao amigo Elias Alves que me fez a indicação pelo Facebook...

    ResponderExcluir
  8. Parabéns!!!Excelente matéria e acervo.

    ResponderExcluir