sexta-feira, 13 de julho de 2012

Desfile no Ibirapuera

Diferente do ano passado quando postei fotos que tirei do desfile no Ibirapuera, trago hoje imagens de desfiles ocorridos naquele local na década de 50 - quando muitos dos nossos Heróis ainda estavam vivos e participavam com muita alegria e vibração das comemorações do 9 de Julho. São fotos emocionantes e que nos lembram da importância deste local sagrado para os paulistas. Espero que vocês apreciem cada uma delas!

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

5 comentários:

  1. João Marcos Carvalho13 de julho de 2012 12:40

    Pode-se ver nas fotos figuras notórias da Revolução como Guilherme de Almeida, Ibraim Nobre, Hebert Levi e (salvo engano) o general Euclides Figueiredo(foto 18, de cima para baixo)de terno e óculos escuros, em primeiro plano, ao lado de outro senhor, também de terno escuro. Destaque para o presidente JK, que foi capitão-médico da Força Pública de MG durante a Revolução, atuando da região do Túnel - Passa Quatro.
    Tudo indica que estas fotos sejam de 1957, quando o Revolução completou 25 anos. Observe-se o translado da urna do general Marcondes Salgado, retirada do cemitério São Paulo, em Pinheiros, e hoje depositada mausoléu do Obelisco do Ibirapuera.
    Gostaria que os familiares do Gal.Salgado se manifestassem para conformar ou não estas informações.
    Grato

    ResponderExcluir
  2. João Marcos Carvalho13 de julho de 2012 12:42

    Corrigindo: .......confirmar estas informações.

    ResponderExcluir
  3. Ricardo, foi muito consternada, que assisti mais uma vez a midia ocultar o nome e oa feitos do meu avô. Escrevi para a Veja e Estadão. Soube que foi publicado pelo Estadão on line, mas só procurei no jornal e perdi. Um desconhecido me escreveu que meu avô morreu em vão, porque os paulistas hoje só estão preocupados em aproveitar o feriado. Eu lhe respondi que nenhum herói morre em vão, porque temos uma democracia, apesar da maioria dos políticos. Emocionei-me ao ver meu pai Cel. Guilherme Rocha e Ibraim Nobre levando a urna de meu avô e minha avó Ophélia Acritelli Salgado e minha irmã Wanny Salgado Rocha, atrás. Foi, realmente, em 1957, quando houve uma festa maravilhosa, com chuva de prata etc. Essa data é muito importante, pois o meu marido, que era colega de escola de meu irmão, aos 17 anos decidiu que se casaria comigo e que ingressaria na Academia da Força Pública. Eram outros tempos. Eloísa Maria Rocha Salvato

    ResponderExcluir
  4. Maravilhosas fotos, me arrepia num mix de orgulho e vontade de ter vivido a época.
    Quando trabalhava em Socorro, nas férias, visitei o museu e lá continha vários artefatos, fotos e notas desta época tão preciosa. Inclusive um lindíssimo poema sobre a bandeira estadual. Seria uma grande adição ao blog. Obrigado pelo excelente trabalho e por deixar a mim, e a tantos outros, orgulhosos de nossa raiz.

    ResponderExcluir
  5. JK era Presidente da República essa época!!!Ele serviu como Capitão Médico da Força Policial de Minas Gerais,atual Polícia Militar de Minas Gerais,no setor do Túnel da Mantiqueira em Passa Quatro(MG),mas sendo o grande estadista q era,ele ñ deixou de homenagear os paulistas!!!Uma célebre frase dita a ele aos seus soldados q iam pro front de batalha é lembrada até hoje:"RESPEITEM NOSSOS ADVERSÁRIOS,POIS ELES SÃO NOSSOS IRMÃOS"

    ResponderExcluir