segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Monumento aos soldados de 32 em Americana

Deram vida a esta terra renascida:
Vida que foi a sua própria vida!
(Guilherme de Almeida)


Situado na Praça Comendador Müller no centro de Americana, o monumento foi inaugurado em 1936 e é uma homenagem aos combatentes de Villa Americana tombados em combate durante a revolução:
Jorge Jones, Aristeu Valente e Fernando Camargo - Todos alistados em "Villa Americana" na 3a Cia do Batalhão 23 de Maio, tombaram junto com o Capitão da Força Pública Manoel dos Santos Sobrinho durante o cerco dos soldados ditatoriais na estrada Socorro-Lyndoia, na Frente Leste.

 photo DSC01458_zpsa53f9291.jpg

 photo DSC01460_zpsdb21704e.jpg

 photo DSC01465_zpsa59359cf.jpg

 photo DSC01464_zpsd718ac12.jpg

 photo DSC01463_zps6caaf32e.jpg

 photo DSC01461_zps5ddd4d92.jpg

 photo DSC01467_zpsb61843dd.jpg

 photo DSC01473_zpsd6abc489.jpg

 photo DSC01469_zps14547880.jpg

 photo DSC01475_zpsc0d33553.jpg

Um comentário:

  1. É preciso não esquecer a história da democracia, ainda mais a história recente da Revolução de 1932

    ResponderExcluir