segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Capacete paulista do 2o G.A.P.

Apresento aos leitores do blog um sensacional capacete da Revolução de 32, recuperado diretamente dos familiares do combatente Sr. Alfredo A. Ferreira, que lutou no Setor Túnel incorporado ao antigo 2o G.A.P. - Grupo de Artilharia Pesada de Quitaúna, sob o comando do Capitão Arcy da Rocha Nobre, um jovem de 33 anos que entrou na luta com a difícil incumbência de assumir e fazer funcionar a escassa artilharia instalada de forma totalmente ineficaz desde o início do conflito naquele setor.

Segundo o livro "O Túnel da Discórdia", elementos do 2o G.A.P. chegaram no Túnel por volta do dia 16 de julho durante uma situação desoladora para os defensores paulistas daquela posição, que estava sendo fustigada pela artilharia inimiga e correndo o risco iminente de ser tomada num golpe de mão.
Imediatamente o Capitão Arcy e seus oficiais re-posicionam as três peças de 75mm no alto do morro sobre o túnel e sem demora abrem fogo contra a posição mineira a mais de dois mil metros dali, acertando o alvo em cheio, calando os canhões inimigos - ao mesmo tempo que tropas do 2o B.C. da Força Pública e do 5o R.I. de Campinas reforçam o flanco esquerdo do Túnel.
Guilherme de Figueiredo, filho do Coronel Euclydes, disse posteriormente em uma entrevista que o Capitão Arcy "era um grande atirador e tinha uma precisão de tiro formidável...De longe ele calculava o tiro e o tiro caía exatinho onde ele queria". Assim se salvou a posição paulista de meados de julho até fins de setembro de 1932.

O capacete de modelo paulista, traz o emblema da arma de Artilharia pintado na parte frontal, e por baixo desta pintura é possível ler nitidamente a inscrição 2o G.A.P.  A pintura feita a mão misturando as cores dourado e vermelho aplicadas ao fundo verde escuro do capacete, resulta em uma combinação única de tons. Somando as características físicas deste capacete com a história contada pelos familiares do combatente, devidamente atestada pelos livros - temos uma peça absolutamente singular!

 photo DSC02753_zps1f5e42ad.jpg

 photo DSC02754_zpsf0f96608.jpg

 photo DSC02756_zps1b3b83ac.jpg

 photo DSC02761_zpsc06365f4.jpg

 photo DSC02762_zps3960f627.jpg

 photo DSC02767_zps846e46f9.jpg

Na foto abaixo, de uma tropa paulista de artilharia em local não identificado, é possível observar um capacete com a pintura bastante similar a peça em questão. Infelizmente eu não tenho esta imagem em resolução para poder visualizar os detalhes, mas a pintura no capacete do elemento no centro da foto é muito próxima a do capacete aqui apresentado - o que ilustra bem o costume deste tipo de personalização nos capacetes.

 photo foto_zps1cce9e18.jpg

 photo 1080117_10200671525590706_1217964459_n_zpsd84528d4.jpg

Nenhum comentário:

Postar um comentário