quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Monumento a Ibrahim Nobre

Ali em frente ao obelisco, meio escondida no Parque do Ibirapuera, está a estátua a Ibrahim de Almeida Nobre (1888-1970) o "Tribuno da Revolução de 1932". Inaugurada em 1972 a estátua clama por reparos: Uma limpeza no bronze e a re-colocação de uma das placas que ficava em uma das laterais e acabou sendo substituída pela que ficava na parte traseira. Típico e lamentável "jeitinho brasileiro".

Acompanhe nas imagens a seguir a inauguração e a estátua atualmente.

 photo 006IN.jpg

Ibrahim Nobre em seus últimos anos de vida, recebendo uma homenagem no Palácio dos Bandeirantes.

 photo IN001_zps32afa596.jpg

Logo após sua morte em 1970, foi inicialmente inaugurada a Praça Ibrahim Nobre. Dois anos depois seria inaugurada sua estátua.

 photo IN002_zps8c8825b6.jpg

 photo IN003_zpse8b332a2.jpg

 photo IN004_zps2aff9790.jpg

A placa abaixo foi roubada e no local colocada a que ficava na face de trás da obra, que ficou sem placa.

 photo IN005_zpsc2642ab7.jpg

 photo IN006_zpsec7c7576.jpg

 photo IN007_zps4dd59b67.jpg

Reparem na marca da placa que está faltando.

 photo IN008_zpsc5d8b68a.jpg

 photo IN009_zps18dbd69d.jpg

 photo IN012_zps563e34fc.jpg

 photo IN010_zps4e3031e5.jpg

Será que nos países que cultuam sua história com respeito as pessoas deixam "recados" nas placas de bronze dos monumentos?

 photo IN011_zps8dc47d0e.jpg

Ibrahim Nobre, como sempre deve estar: Velando e louvando os Heróis de 1932.

 photo IN013a_zps05f9c8b5.jpg

Nenhum comentário:

Postar um comentário