terça-feira, 28 de outubro de 2014

Antigo capacete do Corpo de Bombeiros

Vindas diretamente da família de um bombeiro paulista, apresento este belíssimo conjunto com cinto e capacete dos anos 70 - peças que estiveram presentes nos dois maiores infortúnios que a cidade de São Paulo passou naquela década. A pedido dos familiares não vou divulgar o nome do antigo dono do conjunto, mas é quase possível sentir o heroísmo e a dedicação em salvar o próximo apenas observando estas testemunhas silenciosas do passado.

 photo DSC04514_zps69b9a33f.jpg

 photo DSC04516_zpsfd99257a.jpg

 photo DSC04517_zpse2f55b2c.jpg

 photo DSC04519_zps1330da56.jpg

 photo DSC04520_zps95301150.jpg

 photo DSC04522_zps1fb93768.jpg

 photo DSC04524_zps6eb679ad.jpg

 photo DSC04525_zpsdcb405f5.jpg

 photo DSC04526_zpsf853fa7d.jpg

Um comentário:

  1. João Marcos Carvalho1 de novembro de 2014 22:09

    No Natal de 1967, eu, e cinco de meus primos, escolhemos,como presente, um kit vendido nas principais loja de brinquedo da época. Composto pelo vistoso capacete do Corpo de Bombeiros paulista, mais cinturão e uma machadinha de plástico, o equipamento, réplica perfeita do original, era orgulhosamente exibido por nós nas ruas. Logo o "grupamento mirim" do bairro recebeu a adesão de outros meninos das redondezas. Tínhamos, então, um "batalhão". Seis meses depois, ele atou de fato apagando pequenos incêndios provocados pelo grande número de balões juninos que salpicavam os céus paulistanos antes da lei que os proibiu. Em 1981, quando meu filho completou seu primeiro aniversário, recebeu o kit ainda intacto. Mas o "segundo batalhão mirim", mais afoito e mais traquina que o "primeiro", destruiu a relíquia durante as agitações próprias da molecada daquela geração. Fica saudade e a dica aos fabricantes em retomar a justa homenagem.

    ResponderExcluir