terça-feira, 21 de julho de 2015

Dois capacetes da Guarda Civil

Apresento hoje mais dois capacetes da antiga Guarda Civil de São Paulo, usados pela Divisão de Proteção a Escolares e Pedestres - DPEP, extinta em 1968. Já havia mostrado outro modelo similar neste link.
"A disposição do então Departamento Estadual de Trânsito, a Guarda Civil mantinha uma Superintendência, dois Agrupamentos e seis divisões e uma Secção de Trânsito em Santo Amaro, com efetivo total de 1.500 homens. Estes policiais eram preparados para o controle, fiscalização e segurança das correntes de tráfego em toda a área da Capital que lhes estava afeta.
...
Havia a Divisão de Proteção a Escolares e Pedestres, com cerca de 800 policiais que guarneciam 650 colégios, na proteção de aproximadamente 1 milhão e 200 mil estudantes, de 7 a 16 anos de idade, nas travessias das ruas movimentadas nas proximidades destes estabelecimentos escolares. Esses Guardas Civis eram verdadeiros assistentes sociais, pelo grande carinho que dedicavam as crianças. Enquanto durou esse policiamento, jamais se ouviu falar em entorpecente na com unidade escolar." Guarda Civil de São Paulo Sua História - Vicente Sylvestre 
Fragmentos de uma cidade cada vez mais difícil de ser imaginada pelos seus habitantes atuais...

 photo DSC00637_zps0uulpwoo.jpg

 photo DSC00639_zpsswkioier.jpg

 photo DSC00640_zpsafql2a8u.jpg

 photo DSC00643_zpsmvn8yekc.jpg

 photo DSC00628_zpshefbrkzs.jpg

 photo DSC00630_zpsbjcfaa8r.jpg

 photo DSC00631_zpspp5iagha.jpg

 photo IMG_1399_zpsfxbfc6rf.jpg

Um comentário:

  1. João Marcos Carvalho23 de julho de 2015 22:06

    O primeiro capacete era usados por guardas de terceira classe (equivalente a soldado de 2º classe) a classe distinta (equivalente a 1º sargento), o segundo por oficiais: subinspetor (equivalente a 2º tenente) e a inspetor-chefe-superintendente-geral (equivalente a coronel).

    ResponderExcluir