terça-feira, 15 de setembro de 2015

Capacete com caveira pintada REDUX

Originalmente publicada em 2013 esta postagem sobre o capacete com uma caveira pintada acaba de ganhar uma importante atualização! Fotos da épca da Revolução com soldados paulistas usando capacetes similares. Dois anos após eu mostrar o capacete aqui, um leitor do blog, Matheus Serrador Cassetari me enviou por Facebook algumas fotos do álbum de seu avô, Germinal Serrador Ginez, voluntário de Avaré - e qual não foi minha surpresa ao ver a foto abaixo...

 photo CAVEIRA01_zpsrypa8yuc.jpg

 photo CAVEIRA02_zpsjwar19ee.jpg

Em 2010 postei aqui um outro belíssimo capacete com uma caveira pintada e mencionei na época que o uso da caveira em insígnias militares é uma tradição que remonta ao Século XVIII com os Lanceiros Reais da Inglaterra em 1759 e do "Regimento de Hussardos da Morte" na França em 1792. Na 1ª Guerra Mundial o "Totenkopf" foi amplamente usado pelos alemães, especialmente pelas tropas prussianas. Foi no entanto, em 1933 com o uso da caveira pelos Freikorps alemães e pela infame SS de Adolf Hitler que o símbolo se tornou sinônimo de terror e atrocidades. Atualmente a caveira é usada como insígnia em regimentos militares espalhados pelo mundo.

Já as inscrições M.P. / M.P.71 podem significar o nome do batalhão (Milícia Paulista ? ) e seu número no batalhão. Pretendo ainda realizar uma pesquisa para ter certeza. Seja como for este é um capacete com uma "forte personalidade" e que certamente se destaca dos demais.

Mais uma vez edito um texto do blog com a sempre excelente colaboração do leitor João Marcos Carvalho:
Há possibilidade, também, de M.P. significar "Metralhadora Pesada". É assim que os combatentes que guarneciam a Hotchkiss (metralhadora fabricada na França por um industrial norte-americano) se referiam a arma que, na época, por ser a mais potente em operação nas trincheiras, era considera estrela da infantaria.Em entrevista ao jornal o Estado de São Paulo de 9 de julho de 1957, o veterano sargento Damião Mota Trigueiro diz: "A gente se orgulhava de ser da M.P. As guarnições das pesadas [metralhadora] era respeitada na tropa pelo poder de fogo que tinha"

 photo DSC09783_zps52b40c07.jpg

 photo DSC09785_zps12bd608b.jpg

 photo DSC09792_zpsd0e5fa4a.jpg

 photo DSC09791_zps66c2d24c.jpg

 photo DSC09787_zps07b022b1.jpg

 photo DSC09793_zps528d1ceb.jpg

 photo DSC09795_zps9dc900f7.jpg

Na aba interna podemos ler com alguma dificuldade Ten WALTER.

 photo DSC09797_zps7f4f1c70.jpg

Um comentário:

  1. Bom dia,Ricardo tudo bem por ai ? Parabens pelas fotos.
    grande abraço Gonçalo

    ResponderExcluir